Abreu Imóveis

Garagem de condomínio é um dos principais exterminadores do bom convívio nesses lugares. É fato que constantes confusões atrapalham a qualidade de vida de todos e cria um clima hostil entre os vizinhos. Por vezes, o síndico torna-se mediador dos conflitos, com o objetivo de alcançar a paz.

A fim de conseguir tranquilidade, é preciso estabelecer regras de convivência nas garagens. Assim, vai ser possível resolver desentendimentos e simplificar o uso do espaço.

Pensando nisso, fizemos este post, com dicas para aqueles que desejam evitar atritos com outros moradores. Vamos lá!

Estacione de forma correta

Um problema provocado em garagem de condomínio é o mau estacionamento de carros. Quando um morador para seu veículo de modo incorreto, atrapalha seu vizinho pois, dessa forma, ocupa uma parte de outra vaga.

Além disso, há o risco de danos no automóvel, pois pode bater a porta do veículo na estrutura do prédio ou em outro carro. Por isso, é importante respeitar a demarcação da garagem, uma vez que ela estabelece os limites do espaço. Ressalta-se que, mesmo tendo espaço suficiente, não é aconselhável estacionar dois carros na mesma vaga de garagem.

Tenha cuidado ao manobrar o veículo

Garagens de condomínio pequenas podem dificultar, também, as manobras de veículos ao estacionar. Essa situação pode se agravar com o tamanho do carro ou caminhonete. Os donos de veículos maiores devem manobrar com cuidado para, mais uma vez, evitar esbarrões e danos ao próprio carro e ao de terceiros.

Por isso, frisa-se, mais uma vez, a importância de se respeitar as delimitações das vagas, pois ocupar espaço de outro veículo vai impossibilitá-lo de manobrar sem provocar acidentes.

Não deposite objetos na garagem

Alguns condôminos, muitas vezes por terem pouco espaço em seus imóveis, acabam usando a garagem como depósito, guardando itens em um espaço que não tem essa função. Dessa forma, regimentos internos e convenções condominiais precisam proibir essa prática, estipulando penalidades em caso de descumprimento.

Esse depósito irregular causa inconvenientes, como prejuízo da higiene do local, expondo todos os moradores a riscos e objetos perigosos. Ademais, influencia a mobilidade no condomínio e estética, já que itens estão no meio do caminho e causam uma sensação de “desordem”.

Evite usar a garagem de vizinhos

Não usar vaga de garagem de vizinhos evita constrangimentos. Se o apartamento estiver vazio, quem a usar sem autorização pode se deparar com uma eventual visita do proprietário e passar vergonha desnecessária. Se o imóvel estiver ocupado, utilizar a vaga de garagem do vizinho é ainda pior, já que quando o dono precisar pode haver conflitos maiores.

A ordem dada aos funcionários é de que impeçam o estacionamento de terceiros em vagas que não são suas, a menos que tenham permissão formal do proprietário.

Analise a possibilidade de alugar garagem

Garagem de condomínio pode ser alugada, desde que previsto pelo regimento interno ou convenção coletiva. A legislação não proíbe a locação das vagas. Pelo contrário, essa é a única forma de utilização da garagem por terceiros, o que é um bom negócio para aqueles que não a usam ou têm duas.

Diante disso, é fato que a garagem de condomínio é uma vilã da tranquilidade nos condomínios, quando regras de boa convivência não são obedecidas. Por essa razão, quem deseja se mudar para um residencial necessita se adequar a essas normas, estacionando de forma correta, respeitando as delimitações da vaga e o disposto no regimento interno ou convenção coletiva.

O que achou deste post? Compartilhe sua opinião, dúvidas ou sugestões nos comentários!

Quais são as regras mais comuns em apartamentos?
31 jan
Condomínios

Quais são as regras mais comuns em apartamentos?

Morando em condomínios: Uma boa convivência com os vizinhos depende muito do respeito às normas vigentes. Para viver em harmonia […]

leia mais