Abreu Imóveis

Quem deseja ter um imóvel próprio, mas está sem capacidade de pagar as parcelas, pode optar por comprar apartamento financiado e alugar. Essa é uma forma de receber um valor fixo que ajudará no seu orçamento e evitará problemas financeiros.

Porém, existem alguns cuidados que o proprietário deve tomar para não criar dívidas, o que inclui analisar o risco de vacância do apartamento. Por isso, separamos algumas informações relevantes para você entender melhor esse investimento e saber a importância de contar com profissionais especializados. Continue a leitura para conferir!

Como funciona esse tipo de investimento em imóveis?

O financiamento é uma forma comum de aquisição de imóveis, em que o futuro proprietário paga um valor de entrada e parcela o restante com juros acessíveis. Para quitar essa “dívida”, ele tem a possibilidade de encontrar um inquilino e usar mensalmente o aluguel para pagar as prestações.

A grande vantagem é que o financiamento fica com um peso menor no seu orçamento e o local continua no seu nome. Ou seja, no futuro, o proprietário pode morar lá ou aproveitar a valorização para vender por um preço maior e transformar o imóvel em um investimento lucrativo.

Quais as dicas para financiar e depois alugar?

Esse investimento é interessante para ter um imóvel próprio e quitar o financiamento com o aluguel, mas é importante tomar alguns cuidados. Veja quais são eles a seguir!

Contrate uma imobiliária de confiança

Essa é a dica principal para evitar dores de cabeça. Com o imóvel financiado, você deve encontrar interessados para o aluguel. Um boa imobiliária tem corretores associados com experiência nesse processo: eles sabem como anunciar, negociar valores e definir todas as regras com o inquilino.

As taxas cobradas pelas empresas são acessíveis e você terá todo o suporte jurídico e financeiro para receber o valor acordado e não ter problemas durante a locação. A imobiliária dispõe de advogados e profissionais especializados para tirar todas as suas dúvidas e certificar-se de que o seu imóvel fique em boas condições.

Construa uma reserva financeira

A vacância é um risco para quem tem imóveis disponíveis. Se você pretende pagar o financiamento com o valor do aluguel, é fundamental criar uma reserva de emergência para quitar as parcelas caso o local fique sem inquilino em algum momento, o que evita que o seu orçamento seja prejudicado.

A recomendação é juntar alguns meses de financiamento em uma poupança ou outra aplicação mais vantajosa. Com o imóvel parado, há os custos com condomínio e despesas fixas, então a reserva deve ser maior do que as parcelas. Enquanto isso, procure um inquilino para reduzir o impacto financeiro.

Saiba que o FGTS não serve como entrada

Antes de colocar o imóvel para alugar, o proprietário precisa pagar a entrada para conseguir o financiamento. O FGTS é um fundo equivalente a 8% do salário mensal do trabalhador que recebe pelo regime CLT e pode ser usado para a compra de uma casa ou de um apartamento próprio.

Porém, pelas suas regras, o proprietário deve ocupar o local e não pode alugar. Portanto, é necessário economizar ou encontrar outras formas de quitar a entrada, que pode ser negociada com a construtora. O restante é financiado (em geral, até 90% do valor).

Afinal, comprar apartamento financiado e alugar é recomendado?

Para quem gosta de investir em imóveis ou deseja ter uma casa própria, essa saída é interessante porque o peso do financiamento na realidade financeira da família será menor. Porém, o grande segredo é ter o apoio de uma imobiliária para garantir que haverá um inquilino com o pagamento em dia.

O imóvel deve ser visto como um ativo que passa por valorização. Os profissionais ajudam na busca por boas oportunidades de compra e fornecem toda a consultoria para a administração dele no período de aluguel, o que garante o recebimento do valor e evita a depreciação do local por mau uso.

Comprar apartamento financiado e alugar é uma ótima alternativa para quem busca um imóvel próprio, mas tem o orçamento apertado. Com o auxílio de uma imobiliária, o proprietário tem mais chances de ganhar uma renda mensal com o local, que serve para quitar as parcelas do crédito.

E aí, gostou desse conteúdo? Você pode compartilhar o artigo nas suas redes sociais e manter os seus amigos informados!

Economia favorável ao mercado imobiliário aponta boas perspectivas para os próximos meses
02 dez
Mercado Imobiliário Notícias

Economia favorável ao mercado imobiliário aponta boas perspectivas para os próximos meses

Ramo de venda e locação de imóveis tem crescido e apresenta novidades ao cliente potiguar As mudanças na economia do […]

leia mais
Abreu lança modalidade de antecipação de aluguel
10 out
Dicas de Natal Mercado Imobiliário

Abreu lança modalidade de antecipação de aluguel

Novo produto busca atrair clientes para o serviço de locação de imóveis, oferecendo a antecipação do valor total de três […]

leia mais