O momento de mudar para a casa nova traz muitas emoções: ele pode significar o início da vida em família, a conquista da casa própria ou o avanço de uma etapa do casal, entre outras possibilidades. Por isso, é importante saber como organizar uma mudança para evitar transtornos.

A palavra de ordem, nessa fase, é planejamento. Não é fácil empacotar uma casa inteira e desempacotar todas as caixas no novo imóvel, mas é possível tornar essa tarefa muito mais simples a partir de uma boa programação.

Se você vai mudar para a casa nova em um futuro próximo, leia o post que preparamos e confira ótimas dicas. Vamos lá?

1. Separe os itens por cômodos

Para evitar o caos na hora de desempacotar os objetos e a mobília em sua nova residência, a primeira dica é separar os itens por cômodos. Essa sugestão ajuda a manter a mudança sob controle e possibilita muito mais tranquilidade nesse momento.

Os mais organizados identificam as caixas de cada cômodo com adesivos, mas basta contar com canetas coloridas para realizar com sucesso essa missão. Quando chegar na casa nova, comece a desempacotar os utensílios da cozinha e de ambientes comuns: por terem maior circulação de pessoas, é mais fácil começar a organização por eles.

2. Identifique as caixas de forma adequada

Como já mencionado, é possível identificar as caixas com adesivos e canetas coloridas. O importante é escrever de forma chamativa o local de destino dos objetos, justamente para evitar que os moradores tenham que abrir todas as caixas para descobrir o que elas carregam.

O mesmo vale para itens frágeis, como vidro ou porcelana. Quando temos em mente como organizar uma mudança de maneira organizada, fica mais fácil criar um sistema simples de identificação: adesivos ou cores em tons de vermelho podem significar objetos frágeis, a cor azul pode ser usada para caracterizar os itens da sala e da cozinha e, para cada quarto, uma cor diferente pode ser escolhida.

3. Carregue separadamente os objetos de valor

Joias, relógios, relíquias da família e obras de arte merecem um cuidado especial no momento de organizar a mudança, uma vez que itens pequenos ou frágeis podem ser esquecidos em meio a tantas caixas. Assim, se você tem objetos de valor — financeiro ou sentimental —, carregue-os de forma separada.

Uma boa sugestão é identificá-los logo no início da mudança e não transportá-los com o caminhão ou frete da mudança. Coloque esses objetos em seu próprio automóvel e evite transtornos.

4. Contrate uma transportadora de confiança

Contratar uma transportadora de confiança é essencial para que tudo saia como planejado na hora de organizar a mudança. Se você nunca precisou desse serviço, peça indicações para amigos ou para a própria imobiliária que assessorou a sua família na busca pelo imóvel ideal.

Contar com uma empresa com experiência na área faz bastante diferença, considerando que ela já sabe como realizar esse tipo de transporte da forma mais ágil possível — e sem deixar a qualidade de lado!

Saber como organizar uma mudança é essencial para quem tem essa importante missão pela frente: separe os itens por cômodo, identifique as caixas, carregue separadamente os objetos de valor e conte com uma transportadora de qualidade. Depois, é só desempacotar os itens, organizar a mobília e curtir a nova residência! Bom proveito!

Gostou das 4 dicas apresentadas neste post? Então, curta a nossa página do Facebook e veja outros assuntos sobre o mercado imobiliário!